grão de mostarda

em tudo viver a bondade de coração… em tudo viver a confiança no Amor Infinito

14.fevereiro É difícil o caminho que leva à nossa própria essência. Desde muito novos somos ‘educados’ para termos uma conduta de acordo com aquilo que a sociedade envolvente estipulou como adequada em determinadas situações. Acontece que muitas dessas condutas que acabamos por adotar são pura e simplesmente para ‘não ficar mal’, para que não comentem, […]

A ESPERANÇA PARA ALÉM DO MAL

Quantas vezes estamos disponíveis para o perdão? O mau humor ou a impertinência; a mentira ou abuso sobre a nossa dignidade, por parte de alguém, que peso dispõem sobre o nosso coração, para que logo façamos contas e avaliemos juízos, para estabelecermos a bitola do nosso perdão? Um dia, Pedro, o mais voluntarioso dos seguidores […]

12.Fevereiro “Belo é o sal; mas se o sal ficar insosso com que haveis de temperar? Tende em vós mesmos sal. E vivei em paz uns com os outros.” (Marcos 9, 50) O sal ficar insosso é de tal maneira incompreensível que não conseguimos perceber como seria possível sem deixar de ser sal. Sal(gar) é […]

Calendário 2018

O CALENDÁRIO grão de mostarda 2018 pretende alargar a abertura de coração a projectos de amável solidariedade nos quais identificamos uma esperança actuante… Impulsionado por uma portuguesa e a trabalhar somente com voluntários HUMANITY HIMALAYAN MOUTAINS destina-se, particularmente, a crianças nepalesas, cuja comunidade social vive o isolamento das montanhas junto ao lago Fewa.

28.janeiro

Jesus disse: A brisa, onde quer, sopra. E ouves a sua voz. Mas não sabes donde vem nem para onde vai. Assim é todo aquele que nasceu do vento. (ver João 3, 8) «A vida nunca se repete, a rotina só existe no nosso ego, e a nossa tentação é enclausurar as experiências no que […]

9.fevereiro

Que é a VIDA? Eleger decisões de amável sabedoria, calcorrear os trilhos da fraternidade universal… Toda a VIDA será o que o nosso coração desejar! (*) (*) inspirado em Mateus 6, 21: “Lá onde está o teu tesouro, lá estará também o teu coração.”

8.fevereiro

Que é a VIDA? acolher as urgências da esperança actuante, assumir uma cidadania humanizadora… Toda a Vida nasce da vontade de transpor todas as indiferenças!